Voluntariado da Defesa Civil

O que é

É a maneira de pessoas físicas e jurídicas se envolverem em atividades que ajudam a diminuir os danos causados por desastres como inundações e tempestades ou o sofrimento das famílias afetadas. O serviço não remunerado tem relevância social e atende ao que está previsto na Lei do Voluntariado.

Quem pode se cadastrar

São três as categorias de voluntários:

Pessoa Jurídica: Empresa que tem recursos e que podem reforçar as ações da Defesa Civil para assistir as famílias prejudicadas. Doa e/ou disponibiliza materiais, equipamentos e pessoal no atendimento às vítimas de eventos graves.

Pessoa Física: Indivíduo que se coloca à disposição da Defesa Civil para atuar em tarefas como montar kits de materiais de ajuda humanitária; carregar, descarregar e entregar materiais para população. Pode participar de capacitações dos voluntários cadastrados no sistema.

Radioamador: Voluntário que tem conhecimento, habilitação e liberação da Anatel para restabelecer a comunicação em situações de desastres. Fazendo capacitações da Defesa Civil, passa a integrar a Rede Estadual de Emergência de Radioamadores (REER).

Como se cadastrar

Qualquer pessoa pode se cadastrar como voluntário indicando suas habilidades e sua disponibilidade de dias e horários. No caso da pessoa física, o único pré-requisito é que seja maior de 18 anos.

Quando houver necessidade do apoio dos voluntários, a Defesa Civil Estadual fará contato através do e-mail cadastrado e de outras redes. Por isso, é muito importante manter o cadastro atualizado.

Prazo

O cadastro é efetivado na hora e está disponibilizado ininterruptamente.

O que diz a lei

O serviço segue o prescrito na Lei do Voluntariado, Lei n° 9608, de 18 de fevereiro de 1998.


Forma de atendimento:

Integralmente na Internet

Quanto custa:

Gratuito