Aviso de Pauta

06/12/2018

Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil apoia município de Itaperuçu após tornado

Na sexta-feira, dia 30 de novembro, o município de Itaperuçu foi afetado por um tornado que causou grandes destruições. Foram 414 residências afetadas, doze delas destruídas, além de danos em prédios públicos e dois óbitos.

A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil acompanhou a situação desde os primeiros momentos através do Centro de Gerenciamento de Riscos e Desastres – CEGERD, que manteve contato com o município para ter informações sobre danos e prejuízos decorrentes do desastre e sobre as necessidades do município para que as famílias atingidas fossem atendidas com rapidez.

Uma vez que a magnitude do evento foi grande, foram enviadas equipes do Corpo de Bombeiros ao local e apoios materiais para resposta, atendendo às vítimas e distribuindo lonas para a cobertura emergencial das residências afetadas.

Além disso, já no sábado, foram disponibilizados kits de ajuda humanitária para atender as famílias afetadas, além de ser enviada equipe de técnicos para acompanhar a situação local e auxiliar na gestão do desastre.

Após o atendimento emergencial, as ações de auxílio ao município continuam com equipes de técnicos da Defesa Civil Estadual, engenheiros do COSEDI (Comissão de Segurança de Edificações e Imóveis da Prefeitura de Curitiba), voluntários dos Engenheiros Sem-Fronteiras, e alunos de engenharia na avaliação dos danos às residências, de maneira que a reestruturação e o retorno à normalidade no município se deem o mais rapidamente possível.

A governadora Cida Borghetti também autorizou o repasse de R$ 2,1 milhões para auxiliar as famílias atingidas pelo desastre e recuperar os danos em edificações públicas. Toda a estrutura de governo, incluindo a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, a Secretaria de Estado da Saúde, a Companhia de Habitação do Paraná – COHAPAR, a Companhia Paranaense de Energia – COPEL, a Companhia de Saneamento do Paraná – SANEPAR, além de outros órgãos de estado estão envolvidos nessa resposta, para que a resposta seja célere e efetiva.

A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil continuará a acompanhar e apoiar a situação no município até que a normalidade esteja restabelecida.

Fonte: Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.