Coordenação Estadual

08/11/2018

Seminário debate pesquisas sobre redução de desastres

Projetos de pesquisa desenvolvidos para resolver problemas ligados a desastres estão sendo apresentados nesta semana em Curitiba, na primeira edição do Seminário Paranaense de Pesquisa em Redução de Desastre (I Serede). O evento começou nesta quarta-feira (7) e segue até a sexta-feira (9), na PUC-PR.

O I Serede é uma iniciativa do Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres (Ceped) do Paraná, órgão vinculado à Casa Militar e à Universidade Estadual do Paraná (Unespar), e conta com o apoio da Capes (fundação do Ministério da Educação), da PUC-PR e da Sanepar.

A proposta do seminário é apresentar os resultados e pesquisas desenvolvidas nos últimos dois anos pelas instituições que integram a Rede Estadual de Pesquisa, Ensino, Extensão e Inovação Tecnológica (Redesastre). Os projetos envolvem diferentes áreas temáticas, desde a psicologia do desastre até inovações tecnológicas para o monitoramento de riscos, sempre com foco nas principais necessidades do Paraná para a área.

PROJETOS – Os projetos são fruto de uma parceria com a Sanepar, que disponibilizou um recurso de R$ 1,5 milhão para financiar as pesquisas. Pelo convênio, foram desenvolvidos 16 projetos de pesquisas, que envolveram aproximadamente 60 bolsistas, entre estudantes da graduação, mestrado e doutorado, além de instituições cooperadas.

De acordo com o diretor do Ceped, major Eduardo Gomes Pinheiro, as pesquisas seguem as prioridades apontadas pela Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil. “A Redesastre e o Ceped recebem as demandas da Defesa Civil para desenvolver estudos e pesquisas para buscar soluções técnicas e científicas a problemas enfrentados pelo Paraná”, afirmou.

Entre os projetos desenvolvidos estão sensores de monitoramento de deslizamentos e do nível da água dos rios. “Esses estudos são só uma amostra do potencial que temos. Eles colocam a ciência e tecnologia dentro do sistema de Defesa Civil, a serviço da sociedade paranaense”, salientou o major Pinheiro.

REDESASTRE – A Redesastre tem o propósito de cooperação e intercâmbio científico/tecnológico direcionado à redução de riscos e desastres no Paraná. Na rede são desenvolvidas atividades de pesquisa, formação e treinamento de recursos humanos, absorção e transferência de tecnologias, serviços educacionais de pesquisa e extensão e a utilização de instalações e equipamentos.

O Ceped/PR é responsável pela gestão da Redesastre e possui parceria e reconhecimento da Organização das Nações Unidas (ONU). Com sede em Curitiba, o órgão atua na captação e desenvolvimento de projetos para a redução de riscos e desastres no Paraná. Atualmente, conta com 25 instituições cooperadas.

Fonte: http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=99446&tit=Seminario-debate-pesquisas-sobre-reducao-de-desastres

Fonte: Agência Estadual de Notícias

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.