Coordenação Estadual

09/10/2018

Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil recebeu a palestra O Papel do Perito Criminal em Locais de Desastre em Massa

Na tarde de hoje dia 9 de abril, foi lecionada na sede da Defesa Civil do Paraná a palestra, O Papel do Perito Criminal em Locais de Desastres em Massa, que contou com a presença de integrantes do CEPED – (Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres), SESA – (Secretaria de Saúde do Paraná), SAMU – (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e o SIATE – (Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência do Corpo de Bombeiros do Paraná).

A palestra foi ministrada pela Perito Oficial da Polícia Científica do Estado do Paraná e Coordenadora da Comissão de Identificação de Vítimas de Desastres em Massa da Polícia Científica do Estado do Paraná a Srª Patricia Doubas Cancelier.

Desastres são, por definição, situações que superam a capacidade de resposta local de atendimento, que geram comoção social, necessitando de um trabalho integrado onde diversas instituições estarão envolvidas e recursos terão de ser levantados. É essencial que haja integração interinstitucional prévia para um atendimento rápido, adequado, profissional e competente.

Diante de um desastre em massa com múltiplas vítimas, podemos supor a atuação de diversas forças no local: bombeiros, SAMU, polícia civil, polícia militar, guarda municipal, defesa civil, entre outros.

Em caso de múltiplas mortes, haverá duas demandas para a Polícia Científica: a Perícia Criminal do Local e a Identificação das vítimas, priorizado o atendimento das vítimas vivas, é importante que todas as forças envolvidas no atendimento a um desastre entendam o papel do perito criminal ainda no local do desastre, de modo a não haver a destruição de provas importantes para a confecção do laudo de local ou vestígios fundamentais para a identificação dos corpos.

Com essa parceria entre órgãos a resposta em caso de desastre é bem mais rápida e com mais precisão, minimizando o sofrimento dos afetados.

"Defesa Civil, Somos Todos Nós".
 

Fonte: Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.