• Twitter
  • Facebook
  • Istagram

Coordenação Estadual

30/05/2018

Paraná tem retomada das agroindústrias e comboios de carga geral

Os frigoríficos e armazenadoras de grãos do Paraná começaram a retomar as atividades nesta quarta-feira (30). Entre eles estão todos os nove frigoríficos de frango das cooperativas agropecuárias, três de suínos, dois de peixes, cinco laticínios, além de armazenadoras de grãos. A informação foi confirmada à governadora Cida Borghetti pelo presidente do Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar), José Roberto Ricken em reunião com o G7 no Palácio Iguaçu.

Ricken afirmou que a retomada das atividades é resultado da articulação do Governo do Estado para o desbloqueio das rodovias do Paraná, que começou na quinta-feira, dia 24.

O presidente da Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Paraná (Fetranspar), Sérgio Malucelli, disse que também nesta quarta-feira começou o deslocamento de comboios de cargas gerais. São 140 caminhões trafegando nas rodovias do Estado – o maior número de veículos com carga geral do Brasil. “A atuação das forças policiais do Governo do Estado é um exemplo para o País”, declarou Malucelli.

DIÁLOGO E PRESENÇA - Hoje amanhecemos com uma realidade diferenciada no Estado. Até agora não tivemos nenhuma situação de agressão e agressividade. O diálogo e a presença permanente do Governo do Estado, nos últimos dez dias, trazem bons resultados”, afirmou a governadora.

O presidente da Ocepar afirmou que as medidas adotadas pelo Governo do Estado foram decisivas para as operações industriais das cooperativas retomarem suas atividades. “Com a segurança que o Estado passou em cada ação, fizemos um apelo para que as cooperativas voltassem a funcionar. Nossa preocupação é que a população seja abastecida, e o apoio do Governo foi decisivo para a nossa decisão”, disse.

INTERIOR PARA A CAPITAL - De acordo com Ricken, somente de uma cooperativa há cem caminhões carregados de alimentos vindo do Interior à capital. Também há comboio escoltado pela Polícia Militar com carregamento de carne e leite. “Sem radicalismos e com tranquilidade o abastecimento está sendo retomado”, afirmou.

DESBLOQUEIO - Nesta manhã, a governadora determinou o apoio das forças de segurança do Estado para a desbloqueio das cargas. “A força policial está nas ruas para garantir a segurança nas estradas do Paraná e retomar o abastecimento do Estado”, informou a governadora.

O comandante do exército na região Sul, general Antonio Miotto, confirmou apoio para a segurança. “A governadora pode contar com o exército em qualquer lugar do Paraná, ninguém vai negar um pedido do Estado”, afirmou.

PRESENÇAS - Participaram da reunião os presidentes das federações das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo; da Agricultura (Faep), Ágide Meneguette; e da Associação Comercial do Paraná (ACP), Gláucio Geara; os deputados estaduais Pedro Lupion e José Schiavinato e os secretários estaduais Julio Reis (Segurança Púbica), Abelardo Lupion (Infraestrutura e Logística) e Alexandre Teixeira (Comunicação Social), o assessor especial da Governadoria, coronel Adilson Castilh; o chefe a Casa Militar, coronel Maurício Tortato, e a comandante-geral da Polícia Militar, coronel Audilene da Rosa.

Fonte:
 

Fonte: Agência Estadual de Notícias

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.