• Twitter
  • Facebook
  • Istagram

Aviso de Pauta

07/12/2017

Iniciada hoje a instalação na sede do Simepar,do radar para antecipar alertas de desastres naturais na RMC

Hoje dia 7 de dezembro iniciou-se a instalação do radar meteorológico no Simepar no bairro Jardim das Américas, esse grande avanço ocorre através de um termo de cooperação técnica entre o Paraná e o Governo do Japão.

É um radar Banda X para monitoramento meteorológico e prevenção de desastres naturais na Região Metropolitana de Curitiba. O equipamento é de última geração e pioneiro no Brasil. A parceria se dá por meio da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA), que irá disponibilizar o sistema sem custos para o Estado. A iniciativa tem a parceria, ainda, da JRC, empresa japonesa do ramo de radares.

O radar Banda X irá coletar as informações pluviométricas e fazer o cruzamento com informações de deslizamentos já ocorridos em uma área de 20x20 Km na região metropolitana de Curitiba. Com isso, o Sistema de Previsão de Deslizamentos possibilitará a indicação de prováveis ocorrências, permitindo a emissão de alertas antecipados de desastres.

A JICA é uma grande parceria do Paraná, esse laço com o Japão vem de longo dos anos, em especial na área de recursos hídricos.

O Paraná foi escolhido pela JICA para a instalação do radar Banda X porque possui uma sistemática compatível com o que é operado no Japão - que é referência mundial na prevenção de desastres naturais. O radar é fabricado pela empresa japonesa JRC, que tem mais de 100 anos de existência e atua integrada com a Agência Meteorológica do Japão, de maneira que possui vários radares de informação meteorológica no país.

Este radar banda X é um radar de menor porte e voltado para os grandes centros urbanos, a leitura é diferente, e dá possibilidade de melhor interpretação dos eventos climáticos, com este equipamento podemos coletar de forma mais rápida e com maior qualidade, a chuva que pode, por exemplo, causar um alagamento na cidade.

Hoje o Paraná já conta com o envio de alertas meteorológicos por SMS para a população, através do cadastro do CEP pelo número 40199 pelo celular e agora com essa nova tecnologia de radar os alertas para a região metropolitana serão mais precisos e com antecipação adequada para que a população possa se preparar para esses eventos.

De acordo com o coordenador executivo da Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil do Paraná, tenente-coronel Edemilson de Barros, a previsão é que o equipamento esteja em funcionamento em janeiro para testes internos e em fevereiro em operação oficial. “A partir da segunda quinzena de fevereiro já teremos produtos gerados pelo radar”, afirmou.
A diferença do Banda X em relação aos radares que já estão em operação no Estado - em Teixeira Soares (Centro-Sul) e em Cascavel (Oeste) - está na precisão dos dados coletados. “O radar Banda X é de curto alcance e voltado para os grandes centros urbanos. A leitura dos dados é diferente, e permite interpretação precisa dos eventos climáticos”, explicou o coordenador. “Com este equipamento podemos coletar as informações de forma mais rápida e com mais qualidade, e emitir os alertas com mais agilidade”, disse.

O Paraná é o único estado brasileiro onde os municípios têm mapeadas áreas de atenção (áreas onde houve ocorrência da Defesa Civil), pelos coordenadores municipais da Defesa Civil.

Fonte: Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.